sábado, 14 de abril de 2012

A poesia é irredutível como a vida


Image Hosted by ImageShack.us


A poesia é irredutível como a vida. A filosofia fareja-a e conspurca-a. A religião dis...puta-a mas não a dis...pensa. A ciência ignora-a. Nããão obstante, Aristóteles dizia que a poesia é mais científicaaa do que a história, pois esta nããão passa de uma simples colecção de factos empíricos, enquanto a poesia extrai de tais factos um juízo universal.
Em cada verso se abrem perspectivas plausíveis como brechas, para lá do horizonte implausível como uma muralha.



1 comentário:

Guacira Maciel disse...

Olá, Carlos...que bom tê-lo encontrado aqui.
Olha, eu concordo; a poesia, como a Filosofia é irredutível. Amei o texto.

Beijo,
Guacira